Museus de Recife

Museu do Estado de Pernambuco

O Museu do Estado de Pernambuco (MEPE) é um museu localizado no Recife, Pernambuco, Brasil. Possui um grande acervo eclético, com cerca de 12 mil itens abrangendo as áreas de arte, antropologia, história e etnografia.

Museu da Abolição

O Museu da Abolição - Centro de Referência da Cultura Afro-brasileira - é um museu brasileiro, localizado no Recife, estado de Pernambuco, vinculado ao Instituto Brasileiro de Museus - IBRAM e ao Ministério da Cultura. É um dos raros museus no Brasil a contemplar esta parte da história e tem suas ações norteadas pelos princípios da nova museologia e da sociomuseologia.

Museu da Cidade de Recife

O Museu da Cidade do Recife é um museu brasileiro localizado no Forte das Cinco Pontas, em Recife.
Destaca-se por conter em seu acervo documentos iconográficos para preservação da história urbana e social do Recife. A memória cultural é representada por cerca de 150 mil imagens e de peças provenientes de antigas residências e da Igreja do Senhor Bom Jesus dos Martírios.

Museu da Medicina

O Memorial da Medicina de Pernambuco é uma instituição da Universidade Federal de Pernambuco.
Está instalado no bairro do Derby, no antigo prédio da Faculdade de Medicina do Recife, onde administra suas instalações e coordena a utilização de seu uso.

Museu da Arte Moderna Aloísio Magalhães

Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães ou MAMAM é um museu pernambucano. Foi criado em 1997 no espaço da Galeria Metropolitana de Arte Aloísio Magalhães (no Recife), que já existia desde os anos 80.
O Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães – MAMAM foi criado em 24 de julho de 1997 a partir de um ato do Prefeito do Recife, que concedeu o estatuto de Museu à antiga Galeria Metropolitana de Arte Aloisio Magalhães, homenageando o artista plástico, designer e ativista cultural pernambucano. O Museu, patrimônio predial e histórico de Pernambuco tombado em nível estadual, está instalado em um antigo casarão do século XIX às margens do Rio Capibaribe e possui uma área construída de 1.800m2 divididos em três pavimentos estruturados em madeira, com sete salas de exposição, biblioteca especializada em arte moderna e contemporânea, reserva técnica, sala de atividades educativas, sala de administração, auditório, café e depósito para acomodação de material museográfico.

Museu do Homem do Nordeste

O Museu do Homem do Nordeste é um museu brasileiro localizado na cidade do Recife. Fundado em 1979, foi criado a partir dos acervos do antigo Museu do Açúcar, do Museu de Antropologia e do Museu de Arte Popular. Fazendo parte do Instituto de Documentação da Fundação Joaquim Nabuco, sua concepção museológica e museográfica foi inspirada no conceito de museu regional, idealizado pelo sociólogo-antropólogo Gilberto Freyre.
O acervo do museu caracteriza-se pela variedade e heterogeneidade de suas peças: tanto requintadas - pertencentes às famílias dos senhores de engenho, como as coleções de porcelanas e objetos de uso de famílias tradicionais da região; quanto objetos simples - usados no cotidiano do nordestino brasileiro e que fazem parte de sua formação, herança cultural do índio, do português e do africano.[1]
Parte do acervo revela um Nordeste anterior ao descobrimento do Brasil e mostra a cultura dos primeiros habitantes da região, como o trabalho em palha produzido pelos índios fulniôs, de Pernambuco, e objetos plumários dos kaapores, do Maranhão. Outra parte revela aspectos da vida colonial nordestina, retrato da cultura canavieira: moendas, utensílios para cultivo da cana-de-açúcar e uma coleção de aguardente.[1]
O museu expõe formas típicas de arquitetura local, como a casa-grande do senhor de engenho e a casa simples de taipa e utensílios que representam as manifestações socio-culturais presentes no Nordeste, como a arte popular em cerâmica, a festa carnavalesca e artesanatos que representam cultos religiosos, com todo o seu sincretismo.

Museu Franciscano de Arte Sacra

O Museu Franciscano de Arte Sacra é um museu brasileiro localizado na cidade de Recife, em Pernambuco, dedicado à preservação de objetos de culto e arte sacra.
O museu foi fundado em 28 de setembro de 1974 pelo irmão Fernando Pio dos Santos, e está instalado nas dependências da Ordem Terceira de São Francisco do Recife, das quais também faz parte a famosa Capela Dourada. O museu possui um acervo variado que inclui paramentos litúrgicos, mobiliário entalhado, peças de culto em metais preciosos como ostensórios, turíbulos, tocheiros e candelabros, estatuária barroca e outros objetos.
Dentre suas peças mais importantes estão a primeira imagem do Sagrado Coração de Jesus de Pernambuco, trazida pelo padre Gabriel Malagrida; uma imagem de Nossa Senhora do Bom Conselho que estava no oratório da Faculdade de Direito do Recife; uma de Nossa Senhora da Conceição de autoria de João Pereira, que foi muito venerada enquanto esteve na desaparecida igreja da Madre de Deus; uma série de imagens da Procissão das Cinzas, vindas de Lisboa em 1709; um altar entalhado e dourado de 1804, com imagens de São Francisco das Chagas recebendo os estigmas de Jesus Cristo; uma Nossa Senhora das Mercês, um Crucifixo de 1751, e um Cristo glorioso.